quinta-feira, 19 de março de 2015

Cama dos sonhos

Saiba por que um bom colchão é tão importante para a qualidade do sono e como deve ser a escolha do produto ideal

Dormir bem é fundamental para a saúde do corpo e da mente. Um sono de qualidade favorece a memória, o raciocínio, a concentração e a atenção, além de aumentar a disposição para o dia a dia. Apesar de muita gente não dar a devida importância, um bom colchão, adequado ao tipo físico e ao gosto pessoal de cada um, é um fator de grande importância para o sono.
Segundo Diego Muller Milani, gerente de produtos da Camaleão Colchões, existem versões para todos os gostos no mercado, mas antes de escolher um é fundamental saber que quando muito moles não sustentam a coluna adequadamente, levando a dores nas costas. Já os muito duros tornam-se desconfortáveis durante a noite, fazendo com que a pessoa se mexa demais e, com isso, não repouse direito. “O nível de conforto preferido deve ser levado em conta, por isso, antes de comprar um colchão, converse com um consultor em uma loja especializada. Informe a ele como é seu colchão atual, se ele é do seu agrado ou se deseja mudar algum aspecto, bem como se tem problemas para dormir ou dores nas costas”, explica.
Além do gosto pessoal, é importante que ele ofereça suporte adequado ao tipo físico de pessoa que o utilizará. “Colchões de mola com sistema pocket sustentam pessoas com até 120 kg. Já se o peso é maior do que 120 kg o ideal é optar por um produto com molejo de fio contínuo, que possui mais molas por metro quadrado e oferece maior suporte. Nas versões de espuma, o número da densidade é a quantidade de quilos que o colchão aguenta por metro cúbico”, acrescenta Milani.
Fique atento também ao pillow top, camada adicional colocada sobre grande parte dos colchões de mola existentes no mercado hoje em dia. Milani explica que o objetivo desta camada é agregar mais conforto, higiene e durabilidade ao produto. “Para isso, visco-elástico e látex são os materiais mais utilizados atualmente, seja isoladamente ou juntos, quando a camada é chamada de memosense”, afirma.
Milani alerta ainda sobre a importância de se trocar colchão sempre que necessário. “Normalmente, se o uso do produto for correto, a vida útil das versões de molas é de cerca de dez anos, mas acontece de se precisar trocar antes desse prazo, com cinco ou sete anos de uso, devido ao desgaste natural que as matérias-primas sofrem”, ensina. Os colchões de espuma têm cerca de 30% menos durabilidade que os de mola, com duração de, no máximo, cinco anos. “O ideal é trocar com cerca de três anos, pois eles são muito sujeitos à proliferação de micro-organismos, além de sofrerem grande deformação”, finaliza o gerente.

Imagem: Dollar Photo Club

Sobre a Camaleão Colchões:
Encabeçada pelos empresários Carlos Eduardo Kaimoto Uyemura e Diego Müller Milani, a Camaleão Colchões se destaca por oferecer produtos de qualidade, de marcas renomadas como Pierre Cardin, Sealy, Mannes Colchões e Ecoflex, a preços compatíveis com o valor real de cada um. A loja, inaugurada em 2013 e localizada em um espaço de mais de 350 metros quadrados, em Curitiba (PR), possui em seus sócios a experiência de mais de 10 anos de atuação na área, o que possibilita um melhor atendimento aos clientes, com conhecimento dos produtos e do mercado.

Serviço:
Camaleão Colchões
Endereço: Avenida Marechal Floriano Peixoto, 7401, Lojas 3 e 4
Telefone: (41) 3088-7717


Crédito do texto:
Virgínia Vargas - Assessora de Imprensa (41) 3325-3443 / 9611-2170 virginiavargas.assessoria@gmail.com