Pular para o conteúdo principal

Luz amiga da natureza


Projetos residenciais e comerciais podem e devem buscar soluções sustentáveis para a iluminação

Hoje em dia, antes mesmo de iniciar uma construção, é preciso pensar em soluções relacionadas à sustentabilidade. O Programa de Conservação e Uso Racional da Água nas Edificações, criado em Curitiba por lei municipal de 2003, já estabelece algumas medidas. Mas no que tange à iluminação muito pouco foi feito em termos de legislação. Ainda assim, a boa notícia é que, graças à tecnologia LED, ser sustentável nesse quesito tem se tornado cada vez mais interessante e proveitoso.


É o que acontece, por exemplo, no projeto da recém-construída Pousada VillaReal Guaratuba, das designers de interiores Eva Ramos e Jane Alves, da Forma Design. Com iluminação fornecida pela Luna Luce, o projeto adota diversas medidas de sustentabilidade, mas o papel principal ficou para a luz. “Uma das maiores preocupações globais hoje é buscar atender às necessidades do presente, sem comprometer o futuro. Ser sustentável é primordial na atualidade. Como profissionais da área, devemos acompanhar de perto a evolução das tecnologias com o fim de alcançar tal propósito. Por isso optamos por utilizar somente LED na novíssima pousada VillaReal Guaratuba, rede de hotéis visionária, que vem substituindo a antiga iluminação por LED há algum tempo”, explica Jane.
Segundo Daniele Bagatoli, sócia da Luna Luce Iluminação e especialista em light design, existem inúmeras vantagens para a substituição da iluminação tradicional pelo LED. “As lâmpadas de LED são aproximadamente 85% mais econômicas do que as versões convencionais, como as incandescentes, e duram 25 vezes mais, o que exige menos troca. Além disso, 98% dos materiais que compõem a lâmpada são recicláveis e não há, na sua fabricação, utilização de metais pesados como o mercúrio, por exemplo, presente nas lâmpadas fluorescentes”, afirma.


Usando a tecnologia LED, além da grande economia de energia refletida no bolso do consumidor, o que faz com que o custo benefício do produto se torne muito atrativo, a durabilidade também faz diferença. “Uma lâmpada de LED de boa qualidade pode chegar a 50.000 horas de vida útil. Essas lâmpadas também tem a vantagem de não esquentarem os ambientes, como as halógenas, pois quase toda a energia consumida por elas é convertida em iluminação. Eles também não emitem a radiação IV/UV, o que evita danos à pele, às plantas, a objetos e aos produtos expostos”, complementa Eva.
Os resultados do investimento em tecnologia LED são projetos com iluminação de qualidade, agradáveis aos animais, plantas e seres humanos, com grande economia na conta de luz e menos necessidade de troca. “Realmente só existem benefícios na utilização do LED. Ele é mais caro do que as lâmpadas comuns? Sim, com certeza, ele ainda custa mais, mas é uma despesa que se paga em pouco tempo, por isso estamos vendo cada vez mais empresários e consumidores finais investindo na tecnologia”, finaliza Daniele.

Sobre a Luna Luce Iluminação:
Inaugurada em 2009, a Luna Luce Iluminação é administrada pela família Bagatoli conhecida por seus 35 anos de experiência na fabricação de luminárias. Sempre em busca de novas tendências no mercado, a loja trabalha com as melhores fábricas nacionais e internacionais e possui um setor de customização e fabricação própria de peças, o que garante exclusividade e qualidade nos produtos. Para um melhor atendimento aos clientes, a equipe é composta por designers de interiores e especialistas em iluminação.

Contato:
Luna Luce Iluminação
Endereço: Av. Nossa Senhora Aparecida, 649, Seminário - Curitiba (PR)
Telefone: (41) 3085-1177

Crédito de texto:
Virgínia Vargas - Assessora de Imprensa (41) 3325-3443 / 9611-2170 virginiavargas.assessoria@gmail.com 


Postagens mais visitadas deste blog

Feijão Maravilha!

Sábado é dia de feijoada. E quem não gosta de feijoada?

Pois é, esse prato típico é delicioso, agrada a todos e é uma ótima escolha para ser servida aos amigos. Basta um pouco de criatividade para tornar o seu evento muito mais charmoso. Os pequenos detalhes fazem toda a diferença!

Vou mostrar alguns exemplos, começando pela laranja, que eu fiquei apaixonada! kkkkk


Daqui: http://ateliegaaya.blogspot.com.br/


Daqui:  http://carolbycalu.com/2011/02/10/quarta-e-dia-de-feijoada/


Daqui: http://adinoela.blogspot.com.br/2012/05/e-tempo-de-feijoada.html


Daqui: http://www.chucrutecomsalsicha.com/archives/2008_02.html


Daqui: http://amandicaindica.blogspot.com.br/2012/03/voce-sabe-como-organizar-uma-feijoada.html




Daqui: http://www.copyepaste.com/2011/05/festa-do-bem.html


Daqui: http://lepartieventos.blogspot.com.br/2012/05/decoracao-rustica-feijoada-no.html


Daqui: http://segredosdaanna.blogspot.com.br/2012_08_01_archive.html


Daqui: http://www.custojusto.pt/Porto/Moveis-Decoracao/Bolas+decorativas…

Estante Casinha de Boneca - Quarto de Menina

Uma maneira divertida e decorativa para guardar brinquedos.

No projeto da Arquiteta Cecy Rivabem, a estante de madeira em forma de casinha se destaca pela funcionalidade e beleza.

Além de ser uma casinha bem fofa, tem espaço suficiente para guardar brinquedos. Nos nichos ficam os bichinhos de pelúcia mais bonitinhos, para decoração. Nas gavetas, que foram projetadas para que a criança não prenda os dedos ao fecha-las, ficam os brinquedos com peças, bonecas e até mesmo os jogos, pois tem profundidade suficiente para isso.

Além de tudo isso, esse móvel possui uma mesa para desenho.

Qual criança que não ia amar??







Fotos: Acervo pessoal da Aquiteta Cecy Rivabem.

O essencial e o que deve ser evitado na decoração da cozinha

Algumas dicas são importantes para que o ambiente una beleza, praticidade e organização
Não é de hoje que a cozinha é conhecida como o coração da casa. Por ser um dos cômodos mais utilizados no dia a dia, merece atenção especial na hora de decorar, para que seja belo e ao mesmo tempo prático e funcional.
Foto: Natasha Bagatoli
Um dos itens indispensáveis neste ambiente, mesmo que o espaço seja diminuto, é um gaveteiro, ideal para acomodar talheres, panos de pratos e acessórios pequenos. “Prateleiras que guardam alimentos, pratos, copos e panelas também são essenciais. Quem pode investir um pouco mais, pode optar por colocar aramados nos móveis, pois eles ajudam muito na organização", conta a designer de interiores da Evoque Ambientes Personalizados, Luana Mota.
Foto: Natasha Bagatoli
Um dos desafios na hora de decorar a cozinha é a distribuição do mobiliário, a qual deve ser pensada em função dos pontos de hidráulica e elétrica e dos eletrodomésticos. “Quando as cozinhas são muito peq…