Pular para o conteúdo principal

Perigo na piscina


Água da piscina pode virar criadouro do mosquito Aedes aegypti. Saiba porque e como evitar

A cada ano que passa, a dengue aparece mais nos noticiários. Em períodos de calor é ainda pior. Isso porque de janeiro a maio o desenvolvimento dos mosquitos é mais rápido, assim como a transmissão da doença. Se para evitar a proliferação e o desenvolvimento das larvas do Aedes aegypti é preciso acabar com a água parada, deve-se também tomar atenção com piscinas.
Muita gente acha que tratando de vez em quando a água da piscina já evita o desenvolvimento de larvas, mas a verdade não é bem assim. “A quantidade mínima de cloro para eliminar as larvas do mosquito que porventura tenham sido depositadas na água é de 0,1% do volume total, ou seja, um mililitro para cada litro de água. O cloro é muito eficiente, pois tem ação mortal sobre as larvas, impedindo o seu desenvolvimento, mas precisa ser aplicado na medida certa para ser efetivo”, afirma. Élio Daines Schneider, diretor da Igarapé, loja de Curitiba (PR) especializada na construção e manutenção de piscinas.
Outro ponto a ser considerado seriamente, diz respeito à necessidade de reaplicação do produto de tempos em tempos. “O tratamento com cloro tem prazo de duração, ou seja, o produto precisa ser reaplicado para garantir a sua eficácia. O ideal nesse caso é solicitar sempre orientação técnica em lojas especializadas em piscinas”, acrescenta o diretor.

Foto: Virgínia Vargas

Como as larvas do mosquito não sobrevivem em altas pressões, piscinas mais fundas não costumam virar criadouros. “Piscinas rasas ou com escadas são as mais propícias para o desenvolvimento das larvas do mosquito, pois elas costumam descer até o fundo para se alimentar e em piscinas profundas não resistem à pressão e morrem”, explica Schneider. Piscinas abandonadas ou mantidas com água pela metade também oferecem riscos.
Schneider explica ainda que, graças ao avanço da tecnologia, existem no mercado equipamentos que geram automaticamente o cloro por meio da adição de sal na água. “Piscinas com essa tecnologia não correm risco de terem larvas na água. Mesmo assim, é importante realizar periodicamente uma limpeza nas bordas com uma bucha ou escova”, finaliza.

Sobre a Igarapé Piscinas:
Com 20 anos de tradição, a Igarapé Piscinas ocupa uma posição de destaque no mercado paranaense, disponibilizando toda sua experiência para a construção de piscinas, spas, saunas secas e úmidas. Representantes de tecnologias de última geração no que se refere à automatização na limpeza física e ao tratamento químico de piscinas, a Igarapé atende aos mais exigentes projetos elaborados por arquitetos, engenheiros e construtoras, garantindo a execução da obra com respeito às normas de segurança da ABNT.

Contato:
Igarapé Piscinas
Endereço: Av. Mal. Humberto de Alencar Castelo Branco, 516
Telefone: (41) 3262-0013

Crédito de texto:
Virgínia Vargas - Assessora de Imprensa (41) 3325-3443 / 9611-2170 virginiavargas.assessoria@gmail.com 

Postagens mais visitadas deste blog

Feijão Maravilha!

Sábado é dia de feijoada. E quem não gosta de feijoada?

Pois é, esse prato típico é delicioso, agrada a todos e é uma ótima escolha para ser servida aos amigos. Basta um pouco de criatividade para tornar o seu evento muito mais charmoso. Os pequenos detalhes fazem toda a diferença!

Vou mostrar alguns exemplos, começando pela laranja, que eu fiquei apaixonada! kkkkk


Daqui: http://ateliegaaya.blogspot.com.br/


Daqui:  http://carolbycalu.com/2011/02/10/quarta-e-dia-de-feijoada/


Daqui: http://adinoela.blogspot.com.br/2012/05/e-tempo-de-feijoada.html


Daqui: http://www.chucrutecomsalsicha.com/archives/2008_02.html


Daqui: http://amandicaindica.blogspot.com.br/2012/03/voce-sabe-como-organizar-uma-feijoada.html




Daqui: http://www.copyepaste.com/2011/05/festa-do-bem.html


Daqui: http://lepartieventos.blogspot.com.br/2012/05/decoracao-rustica-feijoada-no.html


Daqui: http://segredosdaanna.blogspot.com.br/2012_08_01_archive.html


Daqui: http://www.custojusto.pt/Porto/Moveis-Decoracao/Bolas+decorativas…

Decoração no Estilo Mineiro

Estante Casinha de Boneca - Quarto de Menina

Uma maneira divertida e decorativa para guardar brinquedos.

No projeto da Arquiteta Cecy Rivabem, a estante de madeira em forma de casinha se destaca pela funcionalidade e beleza.

Além de ser uma casinha bem fofa, tem espaço suficiente para guardar brinquedos. Nos nichos ficam os bichinhos de pelúcia mais bonitinhos, para decoração. Nas gavetas, que foram projetadas para que a criança não prenda os dedos ao fecha-las, ficam os brinquedos com peças, bonecas e até mesmo os jogos, pois tem profundidade suficiente para isso.

Além de tudo isso, esse móvel possui uma mesa para desenho.

Qual criança que não ia amar??







Fotos: Acervo pessoal da Aquiteta Cecy Rivabem.