Pular para o conteúdo principal

Construção de piscinas: agora é a hora


Tempo mais seco é um dos fatores que ajudam, mas, antes de iniciar a obra, algumas questões devem ser avaliadas

Projeto Nadia Bentz e Vanderlan Farias – Foto Nenad Radovanovic

Você sabia que o inverno é a época ideal para a construção de piscinas nas regiões sul e sudeste do Brasil? Isso se deve ao fato de que o tempo mais frio costuma também ser mais seco, o que facilita a obra, normalmente externa. Além disso, iniciando na estação fria, quando o calor chegar a piscina estará pronta para o uso. Está pensando em construir uma na sua residência? Élio Dainer Schneider, diretor da Igarapé Piscinas, esclarece as dúvidas mais comuns sobre o assunto:

1. Quanto tempo em média se leva para construir uma piscina?
Tudo depende do tamanho da piscina a ser construída e das condições da obra, mas a média é 45 dias trabalhados ou dois meses corridos. Antes de iniciar uma construção é necessária a realização de um estudo do solo. Com esse estudo são definidos o tempo e o custo de obra e as possibilidades do projeto.

2. Como escolho o material de construção da piscina?
O material para a construção da piscina deve ser escolhido levando-se em conta uma série de fatores, como o espaço disponível, quanto se deseja gastar, o gosto pessoal e a arquitetura da residência. Cada material tem um custo de obra. A piscina de concreto, por exemplo, costuma ser mais cara na construção, pois tem processo construtivo mais complexo e com utilização de mais materiais. Porém, tem também maior vida útil, ou seja, tem melhor custo benefício em longo prazo.

3. Minha casa já está construída no terreno. A obra da piscina é perigosa para ela?
Antes de iniciar qualquer orçamento é necessária uma vistoria ao local para verificar dados como o tipo de terreno e a construção pré-existente. Quem constrói nunca pode colocar em risco uma construção já existente, por isso é importante contratar empresas com experiência e conhecimento necessários para evitar a ocorrência de problemas durante a obra.

4. A piscina da minha residência pode ter o formato que eu quiser?
Sim. Nas modalidades de concreto e vinil é possível fazer formatos dos mais diversos e personalizados.

5. Com relação ao tamanho ideal, como definir?
O tamanho tem muito mais relação com o espaço disponível no quintal do que com a necessidade, em si. Porém, dependendo do que a pessoa deseja para a piscina (nadar, lazer, esportes aquáticos, descanso ou terapias, por exemplo), a empresa contratada poderá sugerir tamanhos e formatos mais adequados. O custo também deve ser levado em consideração, pois quanto maior, mais cara a piscina.

6. É necessário contratar um arquiteto ou paisagista para projetar a piscina?
Não necessariamente. A Igarapé Piscinas, além de construir piscinas, também realiza projetos de acordo com as necessidades e possibilidades de cada cliente. Porém, caso o cliente deseje, um arquiteto ou paisagista pode ser contratado.

7. Com relação à manutenção da água da piscina, como escolher o sistema a ser instalado?
Hoje o mercado está bem versátil. Existem tratamentos convencionais, como o cloro granulado aplicado manualmente. Existem também tratamentos alternativos. Os mais conhecidos são gerador de cloro à base de sal, ozônio, ionização à base de cobre e prata e ultravioleta. Para escolher, deve-se levar em conta o custo, os benefícios e a necessidade. Quem deseja mais praticidade, indicamos sempre os sistemas automatizados.

8. E quanto aos sistemas de aquecimento?
Existem três mais comuns hoje em dia: solar, a gás e elétrico. Para escolher, também é preciso levar em conta o custo, os benefícios e como pretende utilizar. O aquecimento solar é o que mais indicamos porque é econômico, porém, ele requer disponibilidade para ser instalado em um telhado, preferencialmente face norte.

Sobre a Igarapé Piscinas:
Com 21 anos de tradição, a Igarapé Piscinas ocupa uma posição de destaque no mercado paranaense, disponibilizando toda sua experiência para a construção de piscinas, spas, saunas secas e úmidas. Representantes de tecnologias de ultima geração no que se refere à automatização na limpeza física e ao tratamento químico de piscinas, a Igarapé atende aos mais exigentes projetos elaborados por arquitetos, engenheiros e construtoras, garantindo a execução da obra com respeito às normas de segurança da ABNT.

Contato:
Igarapé Piscinas
Endereço: Av. Mal. Humberto de Alencar Castelo Branco, 516
Telefone: (41) 3262-0013


Crédito de texto:
Virgínia Vargas - Assessora de Imprensa (41) 3325-3443 / 9611-2170 virginiavargas.assessoria@gmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

Feijão Maravilha!

Sábado é dia de feijoada. E quem não gosta de feijoada?

Pois é, esse prato típico é delicioso, agrada a todos e é uma ótima escolha para ser servida aos amigos. Basta um pouco de criatividade para tornar o seu evento muito mais charmoso. Os pequenos detalhes fazem toda a diferença!

Vou mostrar alguns exemplos, começando pela laranja, que eu fiquei apaixonada! kkkkk


Daqui: http://ateliegaaya.blogspot.com.br/


Daqui:  http://carolbycalu.com/2011/02/10/quarta-e-dia-de-feijoada/


Daqui: http://adinoela.blogspot.com.br/2012/05/e-tempo-de-feijoada.html


Daqui: http://www.chucrutecomsalsicha.com/archives/2008_02.html


Daqui: http://amandicaindica.blogspot.com.br/2012/03/voce-sabe-como-organizar-uma-feijoada.html




Daqui: http://www.copyepaste.com/2011/05/festa-do-bem.html


Daqui: http://lepartieventos.blogspot.com.br/2012/05/decoracao-rustica-feijoada-no.html


Daqui: http://segredosdaanna.blogspot.com.br/2012_08_01_archive.html


Daqui: http://www.custojusto.pt/Porto/Moveis-Decoracao/Bolas+decorativas…

Estante Casinha de Boneca - Quarto de Menina

Uma maneira divertida e decorativa para guardar brinquedos.

No projeto da Arquiteta Cecy Rivabem, a estante de madeira em forma de casinha se destaca pela funcionalidade e beleza.

Além de ser uma casinha bem fofa, tem espaço suficiente para guardar brinquedos. Nos nichos ficam os bichinhos de pelúcia mais bonitinhos, para decoração. Nas gavetas, que foram projetadas para que a criança não prenda os dedos ao fecha-las, ficam os brinquedos com peças, bonecas e até mesmo os jogos, pois tem profundidade suficiente para isso.

Além de tudo isso, esse móvel possui uma mesa para desenho.

Qual criança que não ia amar??







Fotos: Acervo pessoal da Aquiteta Cecy Rivabem.

O essencial e o que deve ser evitado na decoração da cozinha

Algumas dicas são importantes para que o ambiente una beleza, praticidade e organização
Não é de hoje que a cozinha é conhecida como o coração da casa. Por ser um dos cômodos mais utilizados no dia a dia, merece atenção especial na hora de decorar, para que seja belo e ao mesmo tempo prático e funcional.
Foto: Natasha Bagatoli
Um dos itens indispensáveis neste ambiente, mesmo que o espaço seja diminuto, é um gaveteiro, ideal para acomodar talheres, panos de pratos e acessórios pequenos. “Prateleiras que guardam alimentos, pratos, copos e panelas também são essenciais. Quem pode investir um pouco mais, pode optar por colocar aramados nos móveis, pois eles ajudam muito na organização", conta a designer de interiores da Evoque Ambientes Personalizados, Luana Mota.
Foto: Natasha Bagatoli
Um dos desafios na hora de decorar a cozinha é a distribuição do mobiliário, a qual deve ser pensada em função dos pontos de hidráulica e elétrica e dos eletrodomésticos. “Quando as cozinhas são muito peq…