Pular para o conteúdo principal

Saiba como ter um imóvel adequado para todas as estações do ano


É importante levar em consideração as oscilações de temperaturas para ter um imóvel confortável o ano todo

O inverno chegou, e as temperaturas baixas já fazem parte do nosso dia a dia. Para quem está pensando em construir ou reformar, é importante se atentar a especificidades dos materiais utilizados na estação mais gelada do ano, e dessa forma, garantir um imóvel confortável o ano todo. Segundo a sócia-proprietária da Construtora Plano Forte, Carla Boabaid, o sistema construtivo independe do clima frio ou quente, porém quando for construir ou reformar, é importante atentar-se aos materiais que sofrem oscilações de temperatura. “Por exemplo, o gesso e a madeira, no calor, dilatam e trincam, e quando esfria, eles voltam ao normal. Por isso em obras realizadas no inverno, é necessário deixar um espaço para essa dilatação”, explica.

Além dos cuidados com os materiais, outro ponto importante é garantir o conforto térmico em todas as estações do ano. O diretor da empresa Europa, Marlo Triches, comenta sobre as vantagens de utilizar as esquadrias de PVC. Segundo ele, esse produto garante o isolamento térmico e acústico do imóvel. “As esquadrias exercem uma alta resistência a chuvas, ruídos, poluição, ventos, frio, calor e correntes de ar”, ratifica Marlo.



Pensando em um inverno confortável, muitos optam por alguns materiais mais específicos, como por exemplo o piso aquecido. O sócio-proprietário da Construtora Plano Forte, Fabiano Cantele, alerta sobre a importância de considerar toda parte construtiva. “A condição térmica interna é um conjunto, não adianta ter um piso aquecido sem um bom isolamento, porque o calor não consegue se manter dentro do ambiente”, comenta. Segundo o empresário, com um isolamento de qualidade, o piso aquecido é um bom aliado para uma casa confortável no inverno. O sócio-proprietário da Heime, empresa especializada em sistemas de piso aquecido, Igor Kaufeld, destaca que qualquer ambiente pode receber o aquecimento. “Mesmo residências já finalizadas, que não estão em obras, podem receber o piso aquecido, já que o sistema é instalado por baixo do piso, que pode ser de qualquer revestimento, sem restrição de material, salvo alguma indicação do fabricante”, finaliza.



Sobre a Construtora Plano Forte
Com mais de 10 anos de experiência em construções e reformas, residenciais e comerciais de alto padrão, a construtora Plano Forte tem como diferencial o atendimento  personalizado. O envolvimento e acompanhamento em todas etapas da obra por profissionais treinados e qualificados propicia o excelente resultando, desde a concepção arquitetônica, projetos de interiores, automação, paisagismo a trâmites burocráticos, criando a fidelização através satisfação seja do cliente ou profissional que tenha indicado a empresa. Sediada em Curitiba, a empresa acumula  mais de 15.000m2 de  obras já realizadas na capital e na Região Metropolitana. Com uma trajetória que começou com a   incorporação de condomínios horizontais, construção de casas populares e prédios na região. Há cerca de dois anos, o foco da construtora passou a ser o mercado de reformas de luxo.
Serviço
Endereço: Rua Belo Horizonte, 56 - Curitiba (PR)


Créditos:

Alice dos Santos
Jornalista

Postagens mais visitadas deste blog

Feijão Maravilha!

Sábado é dia de feijoada. E quem não gosta de feijoada?

Pois é, esse prato típico é delicioso, agrada a todos e é uma ótima escolha para ser servida aos amigos. Basta um pouco de criatividade para tornar o seu evento muito mais charmoso. Os pequenos detalhes fazem toda a diferença!

Vou mostrar alguns exemplos, começando pela laranja, que eu fiquei apaixonada! kkkkk


Daqui: http://ateliegaaya.blogspot.com.br/


Daqui:  http://carolbycalu.com/2011/02/10/quarta-e-dia-de-feijoada/


Daqui: http://adinoela.blogspot.com.br/2012/05/e-tempo-de-feijoada.html


Daqui: http://www.chucrutecomsalsicha.com/archives/2008_02.html


Daqui: http://amandicaindica.blogspot.com.br/2012/03/voce-sabe-como-organizar-uma-feijoada.html




Daqui: http://www.copyepaste.com/2011/05/festa-do-bem.html


Daqui: http://lepartieventos.blogspot.com.br/2012/05/decoracao-rustica-feijoada-no.html


Daqui: http://segredosdaanna.blogspot.com.br/2012_08_01_archive.html


Daqui: http://www.custojusto.pt/Porto/Moveis-Decoracao/Bolas+decorativas…

Estante Casinha de Boneca - Quarto de Menina

Uma maneira divertida e decorativa para guardar brinquedos.

No projeto da Arquiteta Cecy Rivabem, a estante de madeira em forma de casinha se destaca pela funcionalidade e beleza.

Além de ser uma casinha bem fofa, tem espaço suficiente para guardar brinquedos. Nos nichos ficam os bichinhos de pelúcia mais bonitinhos, para decoração. Nas gavetas, que foram projetadas para que a criança não prenda os dedos ao fecha-las, ficam os brinquedos com peças, bonecas e até mesmo os jogos, pois tem profundidade suficiente para isso.

Além de tudo isso, esse móvel possui uma mesa para desenho.

Qual criança que não ia amar??







Fotos: Acervo pessoal da Aquiteta Cecy Rivabem.

O essencial e o que deve ser evitado na decoração da cozinha

Algumas dicas são importantes para que o ambiente una beleza, praticidade e organização
Não é de hoje que a cozinha é conhecida como o coração da casa. Por ser um dos cômodos mais utilizados no dia a dia, merece atenção especial na hora de decorar, para que seja belo e ao mesmo tempo prático e funcional.
Foto: Natasha Bagatoli
Um dos itens indispensáveis neste ambiente, mesmo que o espaço seja diminuto, é um gaveteiro, ideal para acomodar talheres, panos de pratos e acessórios pequenos. “Prateleiras que guardam alimentos, pratos, copos e panelas também são essenciais. Quem pode investir um pouco mais, pode optar por colocar aramados nos móveis, pois eles ajudam muito na organização", conta a designer de interiores da Evoque Ambientes Personalizados, Luana Mota.
Foto: Natasha Bagatoli
Um dos desafios na hora de decorar a cozinha é a distribuição do mobiliário, a qual deve ser pensada em função dos pontos de hidráulica e elétrica e dos eletrodomésticos. “Quando as cozinhas são muito peq…